Conheça os laudos necessários em uma obra

O desabamento de um edifício é sempre trágico, principalmente em relação às perdas humanas que geralmente estão envolvidas.

Infelizmente, não é raro que, principalmente em grandes cidades, haja imóveis com sérios problemas estruturais que ainda são usados com fins comerciais ou residenciais.

Além da construção em si ser segura, todo o processo da obra também deve ser: há uma série de boas práticas de segurança do trabalho que precisam ser seguidas ao longo do projeto.

Em ambas as situações, requere-se um documento que ateste a segurança da obra, conhecido como laudo.

Por que os laudos são importantes?

Um laudo nada mais é do que um relatório. Ele é emitido por um profissional especializado, após uma rigorosa vistoria da obra.

Em outras palavras, é uma espécie de diagnóstico da situação da construção e/ou do edifício, que pode ou não incluir a análise de outros documentos.

Quando as condições não são boas, o profissional responsável pela vistoria não emite o documento.

Dependendo da situação averiguada, é possível que a obra seja embargada, ou que o edifício seja interditado. Deste modo, é essencial seguir todas as regulações e normas técnicas do setor.

Quais são os laudos necessários em uma obra?

Os laudos necessários para uma obra ou edifício variam conforme a finalidade do mesmo. Confira, a seguir, alguns dos documentos que podem ser necessários:

Laudo NR 12

A norma reguladora 12 (NR-12) é um documento emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, cuja função é orientar empresas que contam com maquinário industrial a respeito da rotina de trabalho.

O objetivo é preservar a saúde e a integridade dos trabalhadores. Ele é extenso e abrange equipamentos como:
Serras;

  • Máquinas de panificação e confeitaria;
  • Máquinas agrícolas;
  • Máquinas de produção de calçados.

Uma empresa recebe o laudo nr 12 quando comprova que segue todas as recomendações. Por isso, é essencial conhecer o documento e contar com a assessoria de um profissional da área de segurança.

Laudo SPDA

A queda de um raio em um edifício pode ter sérias consequências. A descarga elétrica pode sobrecarregar a rede do imóvel, causando uma série de acidentes.

Por conta disso, todos os edifícios que contam com carga superior a 75 kW devem desenvolver uma minuciosa análise de risco, de modo a definir a necessidade de um pára-raios.

Dependendo do caso, pode ser que seja necessário uma vistoria com Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). É o laudo spda, que visa assegurar que não haverá riscos em caso de descarga elétrica.

Laudo de estanqueidade

Contudo, os problemas elétricos não são os únicos que representam riscos ao edifício e à integridade das pessoas que o frequentam: as instalações de gás também merecem atenção.

Por conta disso, é essencial fazer testes em busca de vazamentos e outras fontes de risco. Quando eles são detectados, é preciso agir o mais rápido possível para corrigi-los.

O resultado da inspeção é registrado no chamado laudo de estanqueidade. Neste documento consta a informação de que as instalações de distribuição de gás são seguras.

Laudos dos bombeiros

Dependendo da utilidade do edifício, o Corpo de Bombeiros local pode exigir diferentes laudos. O mais comum é o que diz respeito aos equipamentos de combate a incêndios, como extintores e portas corta-fogo.

Em estabelecimentos comerciais, tais documentos são muito importantes. Isso porque eles são requisitados pela Prefeitura local para a emissão do alvara de funcionamento.

Quando um comércio funciona sem ele e isso é detectado em uma vistoria, ele pode ser fechado, e os sócios precisarão arcar com uma multa de valor considerável.

A boa notícia é que, quando é feita qualquer reforma ou construção, o engenheiro civil responsável poderá orientar os proprietários a respeito destes trâmites e dos requisitos para a sua execução.

Vale ressaltar que boa parte da legislação a respeito disso é local. Portanto, os bombeiros sp só podem fornecer informações a respeito da cidade de São Paulo, por exemplo.

Laudo de estabilidade e segurança

Este é um dos laudos mais importantes a ser emitido a respeito de um edifício. Como o próprio nome diz, ele é elaborado depois de uma análise a respeito da estabilidade da construção.

Normalmente, investiga-se a existência de rachaduras, mudanças na estrutura que possam causar o colapso do imóvel, entre outros fatores que podem comprometer a segurança do local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *